Como construir uma carreira internacional

28 de Junio de 2018
Como construir uma carreira internacional

A carreira internacional, hoje, é o objetivo de grande parte dos profissionais. Uma pesquisa da Catho, realizada com mais de 23 mil pessoas, mostrou que 79,2% dos brasileiros estão dispostos a trabalhar no exterior. Destes, 11,5% deixariam o Brasil mesmo sem nenhum benefício extra.

Porém, uma carreira internacional precisa ser construída. Não basta enviar currículos e começar a preparar as malas.

Por isso, se essa é a sua meta, que tal começar a se organizar agora? Afinal, com planejamento, tudo é possível!

Sendo assim, separamos algumas dicas para ajudá-lo nessa empreitada. Siga a leitura e descubra como se preparar para uma carreira internacional de sucesso!

Domine o espanhol

Você deve estar se perguntando: mas por que o espanhol? São muitos os motivos. Confira:

  • é o segundo idioma mais falado do planeta. Ele é a língua materna de 427 milhões de pessoas. O inglês, apesar de sua importância, tem 339 milhões de falantes nativos;
  • as economias dos países da América Latina estão crescendo, fomentando negócios e oportunidades. Para se ter uma ideia, em 2017, as exportações do Brasil para o Mercosul aumentaram 23,6%;
  • para um nativo em língua portuguesa, aprender espanhol é muito mais fácil e rápido do que qualquer outro idioma.

Além disso, para uma carreira internacional, saber apenas o inglês já não é suficiente. Para quem opta por um país hispânico, por exemplo, é extremamente necessário dominar o espanhol, afinal, colegas de trabalho ou subordinados precisam entender corretamente as tarefas a serem desempenhadas, o que será mais difícil em inglês.

E lembre-se: o “portunhol” já não é mais aceito no mundo dos negócios – e muito menos para quem almeja uma carreira internacional!

Familiarize-se com a cultura do país

Para uma carreira internacional sólida e bem construída, é muito importante pesquisar sobre o país para o qual pretende ir, saber quais são seus costumes e regras, principalmente no ambiente profissional, onde nem sempre elas são explícitas.

Enquanto em países como a Inglaterra ou a Suíça a pontualidade, por exemplo, é fundamental, não espere o mesmo dos nossos vizinhos latino-americanos.

E por falar em América Latina, se esse for o seu destino, saiba que há diferenças culturais importantes entre os países, inclusive com relação ao idioma. Sendo assim, procure um curso de espanhol que leve em consideração essas diferenças e que possa apoiá-lo, de maneira personalizada, nesse momento.

Enfim, cada cultura tem seus próprios códigos e todo profissional que se propõe a seguir uma carreira internacional precisa absorvê-los.

Não encare a experiência como um intercâmbio

Esse tipo de experiência deve ser encarado de maneira profissional. Sendo assim, evite comportamentos típicos de quem está apenas visitando um local ou fazendo um intercâmbio – mesmo que seu objetivo seja voltar para o seu país de origem.

Para garantir mais profissionalismo à experiência, você pode, por exemplo, começar a pesquisar sobre a empresa em que deseja atuar.

E não se esqueça que, no ambiente profissional, você não será tratado como turista. Você será cobrado e, por estar em um país diferente, isso pode significar, muitas vezes, ter jogo de cintura para lidar com as adversidades.

Afinal, naquele país, você é o estranho. Então, deixe as reclamações de lado, tenha flexibilidade e foque na adaptação.

Enfim, prepare-se e aproveite a oportunidade da carreira internacional para vivenciar experiências únicas e ampliar seus horizontes. A bagagem profissional e cultural adquirida lá fora serão, para sempre, importantes diferenciais.

E conte com a Espanhol Fluente para ajudá-lo nessa caminhada rumo à carreira internacional. Nossos cursos são customizados de acordo com as necessidades do aluno. Entre em contato conosco.

 

 
 Compartir noticia